O Trono De Satanás (apocalipse 2: 2-16)

12. “E ao anjo da igreja em Pérgamo escreva o seguinte: ‘Esta é a mensagem daquele que tem a espada afiada de dois gumes. 13. “‘Eu sei que vocês moram aí onde está o trono de Satanás.

Pérgamo era uma cidade que se orgulhava dos vários templos dedicados ao culto Imperial Romano. No período Romano, a cidade de Pérgamo, uma antiga capital administrativa da Ásia Menor que mais tarde foi mudada para Éfeso, tornou-se um navio de bandeira para o patriotismo Romano expressado em devoção religiosa. Como a maioria das cidades Gregas, Pérgamo ostentava um teatro, estádio, biblioteca e um centro de cura de Esculápio entre os edifícios que faziam parte do cotidiano do mundo Greco-Romano.

O centro de cura (Asclepion) em Pérgamo, considerado a sede, fazia parte de uma grande rede de centros de cura em todo o Império Romano. Por muitos anos Galeno, o médico mais conhecido no Império Romano e médico pessoal do Imperador Marco Aurelio, trabalhou neste Asclepion. A biblioteca de Pérgamo era considerada a segunda perdendo apenas para a mundialmente famosa biblioteca em Alexandria. De acordo com Plutarco a biblioteca de Pérgamo vangloriava-se de possuir mais de 200.000 volumes. Outro relato afirma que Marco Antonio, um comandante militar Romano, legou a coleção a Cleópatra, como um reembolso pela destruição total da biblioteca de Alexandria por Julio Cesar.

Além de templos aos imperadores e até mesmo a deusa Roma, a cidade teve a alta honra de hospedar e manter um templo a Zeus – Pai de todos os deuses e dos homens e o governante dos Olimpianos no Monte Olimpia de acordo com as crenças dos Gregos antigos. Zeus estava intimamente associado com a deidade Romana Júpiter, cujo nome significa o céu, ou literalmente o deus “pai celestial”. O altar a Zeus foi uma das mais impressionantes estruturas em Pérgamo. As escadas do altar, colunas e laterais esculpidas tinham 40 pés (12 metros) de altura. Hoje, apenas as escadas  ao redor da base do altar podem ser vistas no Museu de Pérgamo em Berlim. Os lados do altar eram ornamentados com painéis de mármore representando uma batalha mítica entre deuses Gregos e gigantes rebeldes que eram os filhos da Mãe Terra.

Muitos têm sugerido que este altar a Zeus é o que se entende pelo trono de Satanás no versiculo 13. Mas existem várias  outras possibilidades – tais como a sede de culto a Esculápio ou uma concentração do culto Imperial e Romano naquela cidade. Como mencionado anteriormente, na Roma antiga, a imagem de uma espada e especialmente uma espada de dois gumes era altamente simbólica. Assim, pode ser dito que esta cidade verdadeiramente  sediou o trono de Satanás, o símbolo da autoridade Imperial Romana e governante. Cristo apresentou-se a igreja dos seguidores do Deus de Israel em Cristo como “aquele que tem a espada afiada de dois gumes”. Se a identificação acima do trono de Satanás com o culto imperial Romano for correta então  faria  perfeito sentido para Cristo aqui para ser apresentado como alguém com a autoridade da espada de dois gumes.

Vocês são fiéis e não negaram a fé que tem em mim mesmo nos dias de Antipas minha testemunha fiel, que foi morta entre vós, onde Satanás habita.

Não se sabe muito sobre a pessoa de Antipas nesta passagem. A tradição Cristã posterior diz que ele foi ordenado como bispo de Pérgamo pelo Apóstolo João, assim como foi Policarpo na cidade de Esmirna. A tradição também diz que ele foi cozido vivo em um caldeirão de bronze que se assemelhava a um touro. Este relato do primeiro século vem de relatos  muito mais antigos da martirologia Cristã de confiabilidade questionável. O que se pode assumir com segurança é que até o final do primeiro século, quando a carta do Apocalipse estava sendo escrita, o martírio de Antipas já tinha ocorrido. Ele ainda estava fresco na memória dos seguidores de Cristo de Pérgamo. Sem dúvida, Antipas encontrou o seu destino, abraçando a morte porque ele não estava disposto a honrar e sacrificar aos deuses pagãos. Somente um Deus pode ser venerado e adorado.

14 Mas tenho algumas coisas contra vocês: há entre vocês  alguns  que seguem o ensinamento de Balaão, que mostrou a Balaque como fazer com que o povo de Israel pecasse, dizendo que os Israelitas deviam comer alimentos oferecidos aos ídolos e cometer imoralidade sexual. 15 Assim também estão entre vocês alguns  que seguem o ensino dos Nicolaítas. 16 Portanto, arrependam-se. Se não, eu logo irei até aí e,  com a espada que sai da minha boca, lutarei contra essa gente.

Na seção sobre a congregação na cidade de Éfeso, discutimos as maldades e os ensinamentos dos Nicolaítas. A explicação mais provável é que os Nicolaítas eram seguidores do movimento, apelidado de Nokhal entre os primeiros seguidores de Cristo. Nokhal em Hebraico significa ” Iremos comer,” neste caso, referindo-se a carne que era sacrificada aos deuses Greco-Romanos.

Os Nicolaítas do versículo 15 estão ligados com os maus  Balaão e Balaque. Sua estratégia para minar a Israel foi a mesma. Eles queriam que os Israelitas adorassem a Baal Peor. A atração principal eram as orgias sexuais que acompanhavam tal culto. Lemos em Nm. 25: 1-5:

“Enquanto Israel permaneceu no vale das Acácias, os homens  começaram a ter relações com as mulheres Moabitas. 2 Elas convidavam o povo para as festas em que eram feitos  sacrifícios aos seus deuses. E os Israelitas tomavam parte nos seus banquetes e adoravam os seus deuses. 3 Assim  os Israelitas se reuniram para adorar o deus  Baal-Peor, e por isso o Senhor Deus  irou-se contra Israel 4 e disse a Moisés:  ‘Reúna  os líderes do povo de Israel e os enforque diante de mim em plena luz do dia. Assim, a minha ira contra o povo de Israel  acabará. 5 Então Moisés disse aos chefes: ‘ cada um de vocês mate os  homens da sua tribo que foram adorar o deus Baal-Peor”.

Cristo chamou ao arrependimento a igreja em Pérgamo que tolerava em sua mistura aqueles que professavam tanto a Cristo como comiam a carne sacrificada aos deuses Romanos. Cristo o Rei os ameaçou com a breve aproximação de seu julgamento, chamando-os para finalmente fazer uma escolha entre o Deus de Israel e os deuses do Império Romano.

About the author

Dr. Eli Lizorkin-EyzenbergTo secure your spot in our new course “The Jewish Background of New Testament” - CLICK HERE NOW

You might also be interested in:

Quem Foi Melquisedeque? (3)

By Julia Blum

Quem Foi Melquisedeque? (2)

By Julia Blum

Join the conversation (13 comments)

Deixe uma resposta

  1. Celio Marins

    Muito bom ! gostei muito do artigo.

  2. Jesse Silva (@Jesse18Silva)

    Perfeito!!!

  3. maria benedita derêncio

    Esse estudo nos coloca em alerta quanto ao comportamento que devemos ter mesmo nos dias de hoje e colocar a palavra de Deus em prática e não apenas estudá-la porque Ele disse logo irei ai e com a espada que sai da minha boca lutarei contra essa gente. Como podemo interpretar a “espada que sai da minha boca”?

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      Shalom Maria!

      Ler Isaias 11. Com a espada da sua boca matara ao impio. A espada é a palavra de Verdade de Deus.

  4. oumar

    GRAÇAS A DEUS pel su bençõ sobre mim com esse estudo,obrigado professor DEUS te abençoe e te usa mais em mais

  5. Lucita Leimann

    Excelente explicação, gostei muito.

  6. Samuel Alves Costa

    Convém lembrar que Tsedacá não é necessariamente uma contribuição em dinheiro. A ajuda prestada pode ser de muitas outras maneiras: dedicar parte do esforço ou tempo; animar com uma palavra de encorajamento. Acima de tudo, há a Tsedacá de ajuda espiritual. Há homens ricos, não em dinheiro, mas em conhecimento. Quando uma pessoa que conhece mais Torá ensina alguém de menor conhecimento, está repartindo Tsedacá espiritual, que talvez seja uma mitsvá maior que a ajuda financeira. Pro.

    Obrigado professor

  7. samuel alves costa

    Eu me sinto honrado de receber essas excelentes explicações. Obrigado!

  8. ITAGINO MARTINS

    EXELENTE ESTUDO, GOSTEI…

  9. GILBERTO

    EXCELENTE COMENTÁRIO

  10. JOAO LEMES CANNUTO.

    MUITO BOM.

  11. sebastiao lucena

    muito bom

  12. jose roberto

    lindo comentario!!! ajuda e edifica.