Em Que Língua Foi Escrito Originalmente O Novo Testamento? (dr. Eli Lizorkin-eyzenberg)

TorahEm que língua foi escrito originalmente o Novo Testamento?

Os cristãos têm feito essa pergunta há anos, na esperança de obter uma compreensão mais profunda da Palavra de Deus escrita.

No último quarto de século, temos visto uma mudança dramática entre os cristãos em todo o mundo. Jesus está sendo visto cada vez mais como um judeu e o Novo Testamento não é mais visto como tendo apenas um fundo greco-romano cultural e histórico, mas bem como um hebraico e judaico.

Mas no fundo o interesse dos cristãos pelo fundo judaico do Novo Testamento não é novidade. Ao longo dos séculos, muitos cristãos ao redor do mundo têm reconhecido a importância de se estudar o contexto histórico do Novo Testamento, seja judeu ou não. Por causa de vários acontecimentos significativos que ocorreram no século 20, a necessidade de compreender o aspecto judeu do evangelho tornou-se ainda mais forte.

Alguns desses eventos podem parecer insignificantes ou irrelevantes, mas estou convencido de que todos eles contribuem em influenciar os corações e mentes dos fiéis. Há quatro eventos, a meu ver: o holocausto judeu, a criação do Estado de Israel, a descoberta arqueológica e disseminação dos Manuscritos do Mar Morto, e ao aumento do número e atividades de organizações dedicadas e relacionadas a causas cristã judaica.

Provavelmente, vou discutir esses temas em detalhe no futuro, mas por agora, eu gostaria de focar em nossa questão principal- foi o Novo Testamento escrito originalmente em grego, hebraico ou aramaico ?

Eu acredito que o Novo Testamento foi escrito por judeus seguidores de Cristo em uma linguagem que é melhor descrita como judaica-grega. Judaico-grego é, essencialmente, como uma língua grega falada por judeus na época. Muito parecido com judaico-alemão (ou ídiche), incluiu muitas palavras hebraicas , frases e estruturas gramaticais , ainda que ao contrário a linguagem judaica- alemã manteve o alfabeto grego, como era de fato o caso em muitas outras línguas judaicas.

Os cristãos que, na minha opinião, por engano, acreditam que o Novo Testamento foi escrito em Hebraico, apontam que o Novo Testamento está cheio de hebraísmos (palavras com etimologia hebraica ) bem como estruturas gramaticais hebraicas usadas um pouco sem jeito no próprio texto grego.

Eu não rejeito esse ponto de vista. Na verdade, eu concordo plenamente com ele. Eu simplesmente sugiro, como outros o fizeram antes de mim, que não é preciso imaginar uma base textual hebraica do Novo Testamento para explicar a presença de hebraísmos e padrões hebraicos na mesma.

Deixe-me explicar.

Os judeus que escreveram os evangelhos e a coleção NT estavam, naturalmente , pensando de uma forma judaica e hebraica, embora eles estivessem escrevendo em grego.

A tradução grega da Bíblia hebraica, Septuaginta (LXX , para abreviar), foi usada livremente pelo autores do Novo Testamento. Devemos lembrar que esta versão grega da Bíblia hebraica também foi traduzida para o grego por judeus. As miríades de hebraísmos poderiam ter simplesmente migradas a partir da Septuaginta para o Novo Testamento por serem traduzidas em primeiro lugar e depois citadas.

Agora, como um aparte, o uso da Septuaginta por escritores do Novo Testamento é um conceito realmente muito emocionante. Veja você, o texto da Bíblia Hebraica mais amplamente utilizado hoje é o Texto Massorético (MT para o short) .

Quando os Manuscritos do Mar Morto foram finalmente examinados, descobriu-se que a biblioteca inter-judaica de Qumran tinha três famílias diferentes de tradições bíblicas- uma que estava estreitamente alinhada ao texto massorético, outra estava estreitamente correspondente com a Septuaginta e uma que parecia estar ligada à Torá Samaritana.

Entre outras coisas, isso mostra claramente que a Septuaginta citada pelo Novo Testamento livremente foi baseada em um texto hebraico que era no mínimo tão antigo quanto o texto massorético, se não for mais velho.

Agora, nos escritos dos pais da igreja primitiva , em várias ocasiões, não há menção de um evangelho em hebraico.

A referência mais importante e precoce é a de Papias de Hirrapolis (125 dC – 150 dC), um dos primeiros autores cristãos, que escreveu: “Mateus reuniu os oráculos em língua hebraica e interpretou cada um deles da melhor maneira que podia”. Isso significa que nós temos um testemunho primitivo Cristão sobre o documento que Mateus recolheu dos ditos de Jesus , mas que também continham interpretações de Mateus desses ditos.

Foi esta uma referência ao Evangelho de Mateus em sua forma original hebraica? Talvez. Foi uma referência a um documento composto por Mateus, mas que é diferente do Evangelho de Mateus? Possivelmente. Isto, claro, torna-se difícil pelo fato de que todos os Evangelhos são anônimos e não contêm qualquer inequívoco que se refere a um determinado autor. O Evangelho de Mateus não é exceção. Chamamos-lhe o Evangelho de Mateus, mas não sabemos quem foi o autor. Aliás, o anonimato dos Evangelhos de se encaixa perfeitamente com a tradição autoral anonima da maioria dos livros da Bíblia hebraica também.

Além disso, a fraseologia utilizada por Papias de Hirrapolis é que menos inspira – “ele interpretou cada um deles da melhor maneira que podia”. Essas palavras não inspiram a imagem do majestoso Evangelho de Mateus que conhecemos.

É possível que Papias estava se referindo a algo menos grandioso. Ou seja, que ele ouviu que Mateus (discípulo de Jesus ) recolheu os dizeres de Jesus em hebraico, montando juntos da melhor maneira possível. Não há nenhuma razão para negar que tal documento algum dia existiu, mas também não há particularmente uma forte razão para identificá-la com o Evangelho de Mateus.

Estudos recentes têm mostrado que o hebraico, aramaico e grego foram todos falada pelo povo que vivia na Terra Santa durante o primeiro século da Era Comum e é lógico que Jesus teria sido fluente em todos eles.

O próprio Novo Testamento, o melhor que posso dizer, foi na verdade, escrito por judeus na língua judaica- grega, o que explica a enorme quantidade de salientados padrões hebraicos de pensamento, raciocínio, gramática e vocabulário, entre muitas outras coisas ,que fazem o Novo Testamento uma coleção completamente judaica.

Agora … quando lidamos com ciências humanas (como história ou teologia histórica ) não lidamos com certezas, mas com probabilidade e plausibilidade. É , portanto, possível que o meu ponto de vista seja alterado por novas evidências que um dia podem se tornar disponíveis. Mas minhas observações hoje são baseados no que sabemos agora, e não o que podemos saber no futuro. Até que maiores informações estejam disponíveis , a única maneira de responder à pergunta sobre a origem do Novo Testamento é uma simples dedução . Quem escreveu isso? Judeus – seguidores de Cristo escreveram. Em que língua eles escreveram ? Em judaico- grego.

 

About the author

Dr. Eli Lizorkin-EyzenbergTo secure your spot in our new course “The Jewish Background of New Testament” - CLICK HERE NOW

You might also be interested in:

Começos: Os Capítulos...

Por Julia Blum

Começos: Os Capítulos...

Por Julia Blum

Join the conversation (20 comments)

Deixe uma resposta

  1. W.L.O

    Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar.
    De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados.
    E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles.
    Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava.
    Havia em Jerusalém judeus, tementes a Deus, vindos de todas as nações do mundo.
    Ouvindo-se este som, ajuntou-se uma multidão que ficou perplexa, pois cada um os ouvia falar em sua própria língua.
    Atônitos e maravilhados, eles perguntavam: “Acaso não são galileus todos estes homens que estão falando?
    Então, como os ouvimos, cada um de nós, em nossa própria língua materna?
    Partos, medos e elamitas; habitantes da Mesopotâmia, Judéia e Capadócia, Ponto e da província da Ásia,
    Frígia e Panfília, Egito e das partes da Líbia próximas a Cirene; visitantes vindos de Roma,
    tanto judeus como convertidos ao judaísmo; cretenses e árabes. Nós os ouvimos declarar as maravilhas de Deus em nossa própria língua! ”
    Atônitos e perplexos, todos perguntavam uns aos outros: “Que significa isto? ”
    como explicar ???…Atos 2:1-12 .

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      Shalom W.L.O!

      Obrigado por comentar.

      Só tem que lembrar que eles estabam celebrando o dia de Shavu’ot (pentecostés) e segundo a tradiçao judaica, o Deus faló a torah em 70 línguas no monte Sinai. De ai que pode existir uma forte relaçao entre esto e as linguas em Atos 2:1-12

  2. Catarina Ostinowsky

    Boa noite, muito obrigada pelos ensinamentos, fui criada em duas religioes, ortodoxa russa e batista regular, mas todas as vezes que leio a biblia, nao consigo entender alguns livros…gostaria de saber como posso adquirir seu livro de ensinamento em portugues.
    Muito obrigada

  3. araotimoteo

    Embora pense que os autores do Novo Testamento tenham falado Hebraico, Grego .e Aramaico, ainda assim penso que a melhor língua de expressão natural, é a língua que chamo natural. O Espírito de Deus fala a partir do coração e não como o cérebro, a mente racional. Os autores bíblicos mantinham a receptividade todo o tempo. Isso, penso, só pode ser feito a língua natural que para os Judeus, é e sempre foi o Hebraico.

  4. araotimoteo

    Embora seja uma mera opinião, penso que o Novo Testamento foi escrito em Hebraico. Não penso que os seguidores de Jesus se exprimissem tão fluentemente em Grego. Certamente que falavam Hebraico, Grego e Aramaico; mas Paulo e outros autores do Novo Testamento tinham de se exprimir naquilo que eu chamo Língua natural. Penso que a língua natural e

  5. Joel

    – Trecho: “Estando as portas fechadas por medo dos “Judeus”. Parece um detalhe tolo e insignificante, mas o fato do Novo Testamento mencionar “Judeus” é digno de uma eterna discussão.
    Imagina você descrevendo o seu cotidiano: “Estava em casa com as portas trancadas, com medo dos brasileiros. Não se faz a necessidade de mencionar “brasileiros”, você é um brasileiro escrevendo para brasileiros. Se os escritores sentiram essa necessidade, com certeza não eram Judeus.

    Concluindo: Dificilmente o Novo Testamento foi escrito por pessoas próximas ao seu personagem principal.

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      A expressao “judeus” no evangelio, refere-se aos lideres do pobo, nao aos judeus em general, porque pra isso dezims “Israel” o hebraico.

  6. Joel

    – Até Paulo, que comprovadamente escreve no Novo Testamento, menciona em algumas cartas fatos históricos que aconteceram muito tempo depois a sua morte, fato que outros autores assinaram suas cartas.
    – Há no novo testamento uma necessidade de explicar expressões “Hebraicas”. o que não acontece no Antigo Testamento. É fato que não há a necessidade de explicar expressões quando se está se escrevendo para sua própria nação.

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      esto é só asunto da traduçao ao Grego…

  7. Joel

    Na minha humilde opinião o novo testamento foi escritos por Gregos, que ouviram falar de Jesus.
    Mas para dar credibilidade aos textos a Igreja atribui os textos a pessoas próximas a Ele.

    Bases para essa teoria:

    – Na antiguidade a civilização com maior numero de alfabetizados era a Grega, mesmo assim, somente 10% da população sabiam escrever pelo menos o próprio nome. Não há dados sobre a região de Israel na época da Jesus, mas outras colonias Romanas assim como Israel, esse dado não chegava a 1%. A probabilidade que houve um escritor Judeu próximo a Jesus no Novo Testamento é muito remota.

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      Shalom Joel!

      Obrigado pelo comentário. Em Israel o nivel de alfabetizados sempre tem sido 100%. tudos poderiam ler Torah e escriver copias do livro da Torah como diz o mandamiento.
      Os autores entao sim forom judeus.

  8. Jose Deusimar Parente Ramos

    Quero parabenizar as excelente informações que me são passadas.
    Shalom a todos.
    Adonai
    Deusimar

  9. Marcelo

    Isso é a RAIZ da ótima comunicação; fazer o japonês; o alemão; o italiano entender o significado do que digo em Português no sentido correto da palavra; o Judeu não descansaria em paz sem saber que os outros povos entenderam CLARAMENTE o que Deus tinha a dizer .E os escritos gregos também respeitavam essa lei da comunicação É o que penso, Shalom .

  10. Marcelo

    A seriedade das transcrições são dignas de santidade e temor de Deus ; é só lembrarmos o ritual dos escribas para copiarem algo dito pela boca de um profeta de Deus; por isso EU CREIO que essas transcrições tinha o alicerce Judaico(Aramaico e hebraico) para que os gregos e todos nós hoje pudéssemos entender o texto como o Judeu dá época entenderia.

  11. Marcelo

    Donizete e Eric A Paz de Cristo !
    Os Judeus eram um povo conquistados pelos romanos; entre o povo haviam helenistas e pessoas de todas as partes do mundo; quando chegava um MANDATO DE CÉSAR; em que língua vinha ? teria de ser transcrito para os judeus de fala aramaica; hebraica; grega e etc
    Havia uma miscigenação de pessoas; mas de línguas também .

  12. donizete moraes

    ….Dr Eyzenberg ,me desculpe , discordo do senhor …veja o que Flavius Josefo fala sobre os judeus da epoca ter repulsa a linguas estrangeiras,e dele proprio ter dificuldade de se expressar em grego…nao duvido que a população da época falasse mais de uma lingua,ate por conta do comercio…mas quanto a um texto tido como sagrado pelos autores..

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      Shalom Donizete!

      Pois pesquise sobre as inscipcioes no templo, estavam en grego, hebraico e aramaico.

    2. Paulo Antunes

      Acredito que os escritores do Novo Testamento não tinham consciência de que estavam escrevendo texto em pé de igualdade com o Antigo Testamento. Então não teriam porque não escreve-los em outros idiomas, até mesmo porque o público alvo não eram somente os judeus.

  13. apolonia assis

    olá
    grata pelo comvite, tenho curiosidade de aprender mais e melho; por enquanto estou tentando
    acabar o nivel C do hebraico bíblico, depois não sei como vai ficar………….

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      Oi Apolonia!
      é muito prazer ter sua presença cá. Espero que você possa continuar o seu aprendizagem.
      Shalom!, Paz a você!
      Eric.