O Manto De Jesus, O Sumo Sacerdote (por Dr. Eli Lizorkin-eyzenberg E Prof. Peter Shirokov)

Ballymote_Church_of_the_Immaculate_Conception_South_Aisle_The_Presentation_of_the_Blessed_Virgin_Right_Window_Detail_Kohen_Gadol_2010_09_23O Manto de Jesus, o Sumo Sacerdote

13 … Eu vi um como um filho do homem, vestido com uma túnica, chegando aos pés e cingido com uma faixa dourada em volta do peito.

A descrição da roupa do Filho do Homem é consistente com seus deveres sacerdotais (embora diferentes do Sacerdócio Aarônico). Uma túnica alcançando os pés e uma faixa ambas foram prescritas para sacerdotes no tabernáculo Mosaico (Êx.28). Além disso, lemos em Levítico 16: 3-4:

Arão entrará no lugar santo com isso: com um touro como oferta pelo pecado e um carneiro para holocausto. 4  Ele colocará a  túnica de linho sagrada  e as roupas de baixo de linho devem estar junto ao seu corpo, e ele deve estar cingido com o cinto de linho e vestido com a mitra  de linho (estas são vestes sagradas).”

Em Apocalipse 1: 13 lemos sobre uma túnica atingindo os pés e uma faixa, mas não lemos sobre a mitra branca. No vs.14, no entanto, lemos que a cabeça dele (e depois separadamente o cabelo dele) é descrita em termos de lã branca. Há alguma semelhança entre o vestuário do sumo sacerdote para o Dia da Expiação, durante o qual, ao contrário de sua roupa diária, o vestuário do Sumo Sacerdote era todo branco. Uma discussão rabínica posterior sobre a função dos paramentos sacerdotais é encontrada no Talmude Babilônico, Zevachim 88b:

“R. ‘ Inyani b. Sason também disse: Por que as seções sobre sacrifícios e os paramentos sacerdotais estão juntos? Para te ensinar: como sacrifícios fazem a expiação, então as vestimentas sacerdotais fazem expiação. O casaco fazia a expiação pelo derramamento de sangue… As bermudas faziam a expiação pela lascívia… A mitra fazia a  expiação pela arrogância. A cinta fazia a expiação pelas  meditações [impuras] de coração…  O peitoral fazia a expiação pelas [negligência de] leis civis… O éfode fazia a expiação  pela idolatria… O manto fazia a expiação pela  difamação… a  placa da cabeça  fazia a expiação pela ousadia… ”

Esta referência não pode ser tomada como informação de base uma vez  que foi escrita muito mais tarde, no entanto, ela mostra trajetórias interpretativas gerais (como em quase tudo no Talmude) que pode ser encontrado na época de Jesus e antes. Então pelo menos uma coisa é clara; os vestuários celestiais de Jesus não são sem propósito, eles são de fato altamente simbólicos – mostram que Jesus é o sacerdote celestial, totalmente preparado e qualificado para realizar suas funções.

Outro simbolismo que vem à mente é a figura de Jesus como a Palavra de Deus. Na adoração Judaica, os pergaminhos bíblicos são adornados e literalmente vestidos. Na Sinagoga,  os pergaminhos são geralmente mantidos em uma capa que é uma cobertura exterior para preservá-los dos elementos. Mais recentemente os pergaminhos foram providos com coroas e terminais ornamentais, chamados rimmonim (romãs). Assim como os sacerdotes usavam peitorais, então, os pergaminhos da Torá também tem peitorais. Tanto a coroa como  o peitoral são tipicamente feitos de metais preciosos ou semi preciosos e em baixo da capa  os pergaminhos tem até uma faixa semelhante a da cintura, que impede que o pergaminho se desenrole  quando dobrado.

Não há nenhuma razão para esperar uma correlação exata entre as vestimentas sacerdotais no Tabernáculo Mosaico e aquelas de Jesus. O sacerdócio de Jesus é decisivamente de natureza diferente (a ordem de Melquisedeque e não a ordem de Arão). Uma correlação relativa pode, no entanto, ser estabelecida e ilustra a ideia geral  de Jesus como o sacerdote celestial.

About the author

Dr. Eli Lizorkin-EyzenbergTo secure your spot in our new course “The Jewish Background of New Testament” - CLICK HERE NOW

You might also be interested in:

Lech Lecha – O Chamado De...

By Julia Blum

Noé – Uma Maravilhosa...

By Julia Blum

Join the conversation (5 comments)

Deixe uma resposta

  1. paulo

    CONSTA QUE; MELKIZEDEK ERA POLITEÍSTA. COMO PODE JESÚS ADORADOR DO PAI ETERNO, HONRAR
    UM POLITEÍSTA?
    OU SERÁ QUE NÃO TEM NADA A VER EM SER POLITEÍSTA DESDE QUE ADORE SÓ AO ETERNO PAI ACREDITANDO QUE EXISTE OUTROS SERES QUE PODEM RECEBER HONRAS COMO DEUSES?
    QUAL A EXPLICAÇÃO HEBRAICA DESSE PONTO DE VISTA?

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      Shalom Paulo.
      Obrigado por comentar!
      Nao sei de onde o por qué você diz isso…
      Malkitzedeq dacordo com nossa literatura, é um anjo-sacerdote nos cieus… onde o Sumo-sacerdote é Yehoshúa’ Hamashíah… Malkitzédeq nao é nem humano, nem pagao.
      Espero seja claro.

  2. jorge

    A paz do Criador do Céu e a Terra, como tem passado?
    Sabe, conhecer a verdade pode ser sorte ou mérito.
    Porque a fé não e de todo .
    de bíblia eu já conheço mais da verdadeira escritura não.
    saber da vida do salvador e o verdadeiro no nome que é difícil !
    Oculto em varias geração. Quanta almas morrem sem conhecer o seu nome ?
    O conhecer talvez não é a salvação. Porque quem conhece tem que pregar a verdade ,se não mostra a verdade já está condenado. Nega o salvador.
    Quando a verdade vai aparecer

  3. Edilson de Santana

    Os artigos do Dr. Eli é muito edificante e teologicamente profundo, sem agredir a religião de pessoa alguma e nos leva a refletir sobre a palavra do ETERNO e seu Mashiach (Messias ou Ungido). Que ele, Dr. Eli, continue sempre postando suas mensagens para que possamos continuar refletindo.

  4. Israel M. de Oliveira

    Tenho sido muito edificado com essas mensagem do Dr. Eli, que continue com essa presença marcante e posititva nas reflexões. Essas reflexões nos faz pensar nos dias atuais quando o aspecto espiritual tem pedido seu atrativo.

    Obrigado,

    Israel.