Perder Seu Primeiro Amor: Não é O Que Você Pensa

ephesus

Assim diz (τάδε λέγει) aquele que  segura as sete estrelas em sua mão direita — aquele que caminha entre os sete candelabros de ouro: (Ap. 2:1b)

A frase τάδε λέγει (tade legei) “assim diz” ocorre oito vezes na coleção do NT, das quais sete estão em Ap. 2 – 3, contendo as cartas para as sete igrejas. A fórmula τάδε λέγει (tade legei) no Novo Testamento é confirmada pelo seu uso na Septuaginta (LXX) na Bíblia Hebraica, onde muitas vezes foi usada para introduzir um enunciado profético. Por exemplo, em Jr. 22:1a lemos: “Assim diz o SENHOR…”, a frase que os sábios Judeus de Alexandria traduziram com o Grego τάδε λέγει κύριος (tade legei kurios). A frase da Bíblia Hebraica “Assim diz o Senhor” também é evocada propositalmente aqui, apenas κύριος (kurios) “Senhor”é substituída por “aquele que segura as sete estrelas na mão direita e anda entre os sete candelabros  de ouro”.

2 ‘Eu conheço suas obras, assim o teu labor como a tua perseverança,  e que não podes suportar homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmo se declaram apóstolos (mas não são) e os achaste mentirosos. 3 e tens perseverança , e suportaste provas por causa do meu nome , e não te deixaste esmorecer (Ap. 2:2-3).

Este tipo de afirmação  salientando a diferença entre o autêntico e falso é um tema recorrente em Ap. 2-3 e pode ser uma reminiscência da prática geral Israelita de separação e  distinção:

“… Eu sou o Senhor o Deus de vocês, eu os separei dos outros povos. 25 Portanto, façam diferença  entre os animais limpos e os imundos e entre as aves imundas e as limpas… 26 Sejam santos, pois eu o Senhor sou Santo; e os separei dos outros povos  para serem Meus” (Lev 20:23-26).

Assim como um Israelita tinha de fazer algumas perguntas sobre o que está entrando no corpo pela boca (dirigidos pelas leis do kashrut ) da mesma forma, as perguntas sobre a pureza das mensagens do Evangelho pregadas pelos chamados apóstolos necessitavam  ser testadas e distinguidas daquelas que não eram apropriadas para o consumo.

4 Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. 5 Lembra-te, pois, de onde caiste,  arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candelabro, caso não te arrependas. (Ap. 2:4-5).

A interpretação tradicional deste versículo entre os Cristãos de hoje tem a ver com a acusação de Jesus contra os crentes em Éfeso. Seu entusiasmo emocional original que tiveram quando encontraram o Deus Vivo  pela primeira vez, já não estava mais presente em suas vidas… No entanto, este raciocínio não combina com a linha de pensamento nestes versículos. Se  fosse assim depois das palavras “você deixaram o seu primeiro amor!… Lembre-se de onde vocês caíram  e arrependam-se”,  Jesus deveria ter dito algo assim –”Sintam o entusiasmo que uma vez vocês tiveram!” Em vez disso Jesus os chamou para  “fazer as obras que faziam anteriormente”. Assim o que quer que o  Messias estivesse  confrontando  os crentes em Éfeso, certamente não foi a falta de envolvimento emocional que uma vez caracterizou a sua fé. O confronto não foi  em relação a suas emoções ou sentimentos, mas antes relacionava-se  as ações que os Efésios  já não praticavam e ao fato de não mais vivenciarem  suas convicções como fizeram uma vez.

Os crentes em Éfeso “caíram”  é um eufemismo Judaico para  pecado. O Messias os chama ao arrependimento. O que vale a pena notar aqui é como (de que forma) ele os chama ao arrependimento. Não se deseja  um reconhecimento teórico do erro mas uma conversão  e um método deliberado também está presente. Considere esta passagem da Sabedoria de Salomão sobre arrependimento,

23 Todavia,  tu tens misericórdia de todos os homens, porque tu podes tudo, e não levas em conta os pecados dos homens, para que eles se arrependam… 26 Tu,  porém, poupas  todas as coisas, porque  todas pertencem a ti, Ó Soberano Senhor, amigo da vida;  1 O teu  espírito incorruptível está em todas as coisas. 2 Por isso,   castigas com brandura os que erram. Tu os admoestas, fazendo-os lembrar os pecados que cometeram, para que, afastando-se da maldade, acreditem em ti, ó Senhor. (Sabedoria de Salomão 11:23–12:2).

Estes versículos da sabedoria Judaica do século II A.C.  nos explicam que o Senhor castiga com brandura  os que saíram do caminho direito. Deus adverte aqueles que pecaram fazendo-os lembrar  das coisas pelas quais eles pecaram. Isto é exatamente o que Jesus está fazendo. Desde que seu pecado os afastou do seu antigo modo de vida, Jesus os lembra de suas ações ligadas ao seu primeiro amor. Ao contrário de nós, os Efésios sabem exatamente o que ele quer dizer com isso.

A congregação em Éfeso foi uma das sete lâmpadas da Menorá Celestial de Deus, entre as quais Jesus, o Sumo Sacerdote Celestial foi visto andando (Ap. 1:12-13). Portanto, se a igreja de Éfeso já não estava representando a vida celestial de Deus no mundo, Cristo ameaçou  tirar sua congregação do seu lugar. Este é um aviso sério.

About the author

Dr. Eli Lizorkin-EyzenbergTo secure your spot in our new course “The Jewish Background of New Testament” - CLICK HERE NOW

You might also be interested in:

Lech Lecha – O Chamado De...

By Julia Blum

Noé – Uma Maravilhosa...

By Julia Blum

Join the conversation (11 comments)

Deixe uma resposta

  1. Maria de Fátima

    Não consigo entender as interpretações/traduções do hebraico!! Têm professores que as traduções têm significado diferente!! Satanás, a exemplo, para uma professora de hebraico(judia), não é adversário e sim inimigo e demônio!! Faz sentido, pois nosso CRIADOR, não tem adversário!!!

    1. Cláudia Adriana Machado Oliveira

      “Cara amiga Maria de Fatima, parece-me, que você é Católica, tudo bem!!! Vou responder com um breve comentário: antes de vivermos aqui na terra, viviamos no céu, junto com nosso Criador!!! Ocorre, que ele pensou em criar mundos, e nos enviar a eles, um destes mundo chamou de terra” “Naquela ocasião viviamos em Espiríto e eramos muitos felizes, sem dor, sem medos, preucupações, não existiam, vistos que eramos somente espíriots perfeitos,vivendo na presença do D’s, Pai Todo Poderoso!!!
      “Ocorre que o chamado popurlarmente “inimigo” ou Diabo( que siguinifica : opositor do D’s, não gostou da idéia de se criar a Terra, e sussitou inveja, pois ele também era um filho Espirítual, e vivia na presença do D’s. Da inveja, dizia ele, que todos o obedeciam, porque viviam na sua presença, e tudo era perfeito, mas que se o D’s, os enviasse a Terra, desse-lhes um corpo de carne e ossos, sujeitos as debilidades da carne, ao pecado, a perda, enfim a todo tipo de assolação, permitido a humanidade, a história, seria bem diferente, ele tomado de inveja, querendo ser igual, e ter o poder do D’s, apostou, que a Humanidade, não lhe seria fiel, se fossem testados e provados na sua fé.” Com esta atitude o X(Satanás) colocou em dúvidas o plano de D’s, e assim D’s, la no céu também proveu um meio para resgatar todos aqueles que por ventura na terra em meio as lutas deste mundo caissem, e tivessem seus arbítrios mudados, devido ao sofrimento humano, visto que no céu antes de sermos enviados a terra participamos, do que chamamos de “A Grande Batalha no Céu, onde fizemos escolhas, a de aceitar o Plano do D’s, ou de se opor a ele, e assim após a batalha, os que aceitaram o plano de D’s, lançaram fora o “Opositor e seus seguidores, e também habitam a terra”, fazendo oposição ao plano de D’s, desencaminhando toda a humanidade, se assim fosse possivél” ‘A saber que naquela mesma oportunidade da grande batalha dos céus, já ciente das debilidades da carne, que viriam a ganhar, também no Grande Coselho dos Céus, foi eleito um Redentor da humanidade, e por seu intermédio, toa a humanidade, poderia ser Remida e retornar em Santidade a alma(o espiríto) a presença, novamente do D’s” “Esta parte do plano só foi é possivél,por a humildade do Filho do D’s, perfeito,que sem se importar, com as dores que sofreria na carne, aceitou, ser o sacríficio vivo, que permitira o homem, após pecar, contra o D’s, e perder sua fé ecoragem, no plano, retornasse e assim suportar os restantes das provas, com fidelidade ao D’sde acordo com o plano, e a oferta aceita, no céu”!!!
      CONCLUSÃO: O D’s tem um inimigo, e que se torna inimigo de todo ser que vivo, que professa fé no D’s, e anda em retidão!!!
      LEMBRETE: lembrando-o, que aquele que se ofereceu em sacríficio vivo, para remir a humanidade da queda, e então provar o plano do D’s, nasceu na terra de Mãe Vrgem, fecundada,pelo Espiríto Santo do D’s, e pertencia a uma Família Júdáica, portanto Judeo!!! Espero se deajuda meus comentários, baseadosnas sagradas escrituras, em revelações, escritas por Profetas Antigos e atuais epor testemunhos pessoais, a respeito do pano de D’s 1.’..’..’.

      Cláudia Adriana M.Oliveira
      Júdia (EZ) Sefaradim (Membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias)

  2. Adriana Alves

    Os efésios eram dignos de elogios pois odiavam “as ações da seita de Nicolau”. Além do que se diz em Revelação, não se sabe nada de específico sobre a origem, os ensinos e as práticas dessa seita. No entanto, visto que Jesus condenou que se seguisse a homens, precisamos continuar a odiar o sectarismo, assim como os cristãos em Éfeso fizeram. — Mateus 23:10. Mas os cristãos em Éfeso tinham um problema sério. “Tenho contra ti”, disse Jesus, “que tens abandonado o amor que tinhas no princípio”. Membros da congregação tinham de reavivar o amor que tinham inicialmente a Jeová. (Marcos 12:28-30; Efésios 2:4; 5:1, 2) Nós também temos de nos prevenir para não perder o amor a Deus que tínhamos no princípio. (3 João 3) Mas o que fazer se coisas tais como o desejo de ter riquezas materiais ou a busca de prazeres estão assumindo cada vez mais importância na nossa vida? (1 Timóteo 4:8; 6:9, 10) Então devemos orar fervorosamente pela ajuda divina, para substituir tais inclinações pelo profundo amor a Jeová e pela gratidão por tudo o que ele e seu Filho têm feito por nós. — 1 João 4:10, 16.

  3. Leandro de Jesus Alves

    Sei. Mas como assim, Sabedoria de Salomão? Que livro é esse mestre?

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      É umo dos livros chamados “apócrifes”. Algumas Biblias como “Deus fala hoje” contem essos livros.
      Shalom!

  4. marco a, azevedo

    shalom have esta visao e exelente e nos propociona uma maior responsabilide com a palavra sagrada ao Senhor dos Exercitos esta retornando como estamos vivenciando os acontecimentos mundias eu glorifico ao Altissimo de Israel por esta buscando a esse Todo Poderoso YHWH

  5. Antonio Ferreira Martins das Graças

    Dr. Eli, obrigado por estar fazendo um grande trabalho na explicação destes versículos. Parabéns pela colocação das palavras.Fiquei lisonjeado em saber que o primeiro amor não é que pensamos anteriormente.

  6. Cláudia Adriana M. Oliveira

    “De todos os sentimentos, que tenho a respeito do Cristo, é certa que não é possivél, aceita-lo, e depois deixa-lo” “Todas as regras, os ritos do dicipúlado, deixam claro que, este caminho, nos traz de volta a retidão, pra quem sai, e nos concede a justiça, dos que são enganados” “Deixar este amor, que custou sua própria vida, é o exemplo maior de falta de sabedoria, falta de amor a D’s, falta de senso, visto que ele com seu sacríficio, os convida a vida eterna” “Quando em apoc. 2:4,5, que ele faz uma breve exortação, a respeito das escolhas, não está nos colocando em xeque, mas está afirmando que temos responsabilidades, quando aceitamos sua expiação, o limite do amor, chega ao extremo em sua ameaça amorosa!!! Ameaça está que deixa claro seu amor infinito, mas que não é possivél, deixar de ensinar, mesmo que seja necessário a dor”!!!1.’..’..’.

  7. Wildemberg

    Tenho visto este assunto e encontrei também que a palavra se dirigia a igreja de Éfeso, porém ouso discordar, ainda não tenho base sólida, mas vou comentar e gostaria que o Senhor como grande professor e pesquisador que é possa confirmar ou não minha tese que comento, por ter tido esta intuição, é o seguinte: (eu acho que esteja falando de Paulo), veja esses pequenos detalhes: Não tolera homens maus (Paulo os reprimiu); Suportou sofrimentos pelo meu nome (Paulo passou por vários sofrimentos e até diz isso relatando-os); Foi contra falsos profetas (Paulo os enfrentou); Foi contra os Nicolaitas (Paulo Também os repreendeu) e por último lembra-se do lugar onde caiu (Paulo caiu do cavalo no caminho de Damasco, quando ia perseguir mais cristãos, quando ainda era Saulo).
    Dizer que a palavra é dirigida a cidade de Éfeso acho menos provável ainda, pois está dito ao Anjo (no singular).
    A Paz do Senhor.

  8. Sandra Alice F. Peçanha

    Simplesmente maravilhoso! A profundidade do texto abriu-me o horizonte infinito do conhecimento não apenas da Palavra mas do Deus da Palavra. Lindo!

  9. Mario Cesar de Abreu

    MUITO BOM MESMO.