O Livro Do Apocalipse No Contexto Judaico (ap. 1 :1-2) – Dr. Eli Lizorkin-eyzenberg E Peter Shirokov

A revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos Seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e Ele enviou e comunicou pelo Seu anjo a Seu servo João, 2 o qual testificou da palavra de Deus e do testemunho de Jesus Cristo, e de tudo o que ele viu. Ap. 1:1-2

O trabalho conhecido por nós como “Apocalipse de João” começa de forma semelhante a outros escritos apocalípticos Judaicos:

Ap.1 :1-2 (estabelecido no 1) o que é (a revelação de Jesus Cristo), 2) por que foi dado (para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer), 3) como foi dado (Deus enviou Seu anjo para fazer a comunicação) e 4) quem, de fato, foi o destinatário principal dessa revelação (seu servo, João, que testemunhou a palavra de Deus e o testemunho de Jesus Cristo, e de tudo o que ele viu).

A fim de que se veja que a seção de abertura deste livro é um tipo de abertura apocalíptica que é, se não típica, nesse caso totalmente aceitável para este gênero literário Judaico (literatura apocalíptica), vamos rever brevemente alguns exemplos relevantes. Em Enoque 1:1-2:

“A palavra da bênção de Enoque, como ele abençoou os eleitos e os justos, que existirão no tempo da angústia; rejeitando todos os maus e ímpios. Enoque, um homem justo, que estava com Deus, respondeu e falou, enquanto seus olhos estavam abertos, e enquanto ele viu uma santa visão dos céus.

Isto os anjos me mostraram. Deles eu ouvi todas as coisas, e entendi o que eu vi; que não terá lugar nesta geração, mas numa geração que deve existir num tempo distante, por causa dos eleitos”.

Também lemos em 3 Baruch 1:1-8 (Apocalipse de Baruch):

Em verdade eu Baruch estava chorando em pensamento e aflito por causa das pessoas, e que o rei Nabucodonosor teve permissão de Deus para destruir Sua cidade … e eis que eu estava chorando e dizendo essas coisas, vi um anjo do Senhor vindo e dizendo-me: Entenda, ó homem, muito amado, e não te incomodes tão grandemente com a salvação de Jerusalém, porque assim diz o Senhor Deus, o Todo-Poderoso. Pois Ele me enviou adiante de ti, para te dar a conhecer e te mostrar tudo (as coisas)… e o anjo dos poderes me disse: Vem, e eu te mostrarei os mistérios de Deus.

As passagens acima estabelecem claramente que o que lemos nos versos de abertura do Apocalipse é de fato muito semelhante a outros relatos apocalípticos Judaicos escritos durante ou ​​a aproximadamente no mesmo período de tempo.

O Judaísmo do Livro de Apocalipse é tão óbvio que vários estudiosos que não vêem as tradições de Jesus, como originalmente Judaicas, erroneamente concluiram que a forma atual do livro de Apocalipse está cheia de interpolações Cristãs agrupadas (principalmente no cap.1 e 22). Eles sustentam que a versão pré-Cristã original tinha marcas teológicas não distintamente Cristãs. Tal acusação de Cristianização [1] do Livro Judaico original do Apocalipse tem sido defendida por estes e outros pontos da seguinte forma: [2]

Se alguém remover “o material Cristão”, o texto em si pode ser lido apenas suavemente, se não mais suavemente (as alegadas interpolações Cristãs ao original Judaico estão em negrito). Assim, por exemplo, em Ap. 1:1-3 , lemos:

A revelação [de Jesus Cristo] que Deus deu [ele] para mostrar aos seus servos o que deve acontecer em breve; ele o fez saber enviando seu anjo a seu servo João, que testemunhou a palavra de Deus e [o testemunho de Jesus Cristo], a tudo o que ele viu. Bem-aventurado aquele que lê em voz alta as palavras da profecia, e bem-aventurados os que a ouvem e os que guardam o que nela está escrito; porque o tempo está próximo.

Apesar de intrigante, vemos o exercício acima como fútil e totalmente subjetivo. Argumenta-se que algumas outras partes desta e outras seções também poderiam ser cortadas sem causar muitos problemas e com o mesmo nível de sucesso. Isto em si não prova nada. Há também outras coisas a considerar.

Por favor, deixe nos ilustrar. Observou-se que a leitura da versão Samaritana da Torá é muito mais suave do que a da Torá Judaica. A Torá Judaica é muito mais rude e às vezes incoerente e complicada na apresentação de eventos. Mas, ainda que nada, a leitura mais suave leva ao argumento de uma atividade editorial posterior dos escribas Samaritanos e não vice-versa.

Nosso entendimento neste caso é, apenas porque o texto pode ser lido de forma mais suave uma vez que o conteúdo explicitamente “Cristão” é cortado, esta não é uma indicação de algo significativo. Concluir mais do que isso, é exagerar as provas que seriam nada mais do que uma possibilidade curiosa e intrigante que não tem absolutamente nenhuma evidência para apoiá-la.

Mas há outro problema mais central que pensamos que aflige aqueles que argumentam que o original do Apocalipse Judaico (Livro do Apocalipse) foi Cristianizado por alguém no final do primeiro século ou até mais tarde. Em suma, eles não conseguem ver que tais frases (por eles designadas em negrito), como Jesus Cristo e seu “testemunho” (entre outras) são nomes Judaicos do primeiro século e conceitos que só séculos mais tarde tornaram-se alienados de sua conexão Israelita original. O argumento para a diferenciação entre o material Judaico e Cristão é, portanto, anacrônico e artificial.

O que você acha? Como você responde a argumentação acima?

About the author

Dr. Eli Lizorkin-EyzenbergTo secure your spot in our new course “The Jewish Background of New Testament” - CLICK HERE NOW

You might also be interested in:

Abraão No Egito (lech Lecha -2)

By Julia Blum

Lech Lecha – O Chamado De...

By Julia Blum

Join the conversation (11 comments)

Deixe uma resposta

  1. Vítor de Oliveira Abreu

    Prezado Moré,

    Obrigado pelo convite para eu participar das atualizações destes ricos artigos. Venho te pedir uma ajuda. Como o senhor é uma pessoa bem entrosada e bem articulada, gostaria de saber se o senhor conhece alguém que possui o texto do Apocalipse de Elias em grego ou hebraico (ou de outro Apocalipse judaico). Só tenho a versão em inglês e português (que eu mesmo traduzi). Mas preciso fazer uma pesquisa nele e um comparativo com o texto bíblico, porém, não tenho o texto na língua original (proveniente de prováveis de cópias).

    Se isto estiver ao seu alcance seria de grande ajuda. Mas se não tiver, não se incomode. Desde já te agradeço.

    Lehitraót weShalôm,
    Vítor Abreu

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      Shalom Vítor!

      Nao tem disponíbel na red uma versao original que eu poda te redirigir.
      Fico atento,
      Eric.

  2. Iraquitam

    Shalom Adonai!
    Todo o velho testamento está conectado a Jesus o Cristo, Por que tais estudiosos somente suavizam anacronicamente o de apocalipse? O livro de Daniel tem conexões diretas com o apocalipse escrito por João. Se todo este livro fosse suavizado a Revelação do Cristo glorificado não perderia o sua força. Não tenho como inspirado Baruch e

  3. Carlos

    Infelizmente não tenho conhecimentos suficientes para aprovar ou contestar as afirmações acima. Creio, contudo, na infalibilidade da Igreja Católica na interpretação autêntica das Escrituras “toto pondere authoritatis suae”.

  4. coraci

    essa explicação é viável, combina com estudos e pesquisas feita por mim . Concordo plenamente. no livro digno é o cordeiro bate com suas afirmações.

  5. Dalila

    Como é bom beber da fonte do Vedradeiro Saber, e não do “achismo” que vigora em nossos dias -palpites de ignorantes no que querem “palpitar” sem base nenhuma para tanto . Glória a Deus por este Curso – Louvado seja o Senhor Yeoshuah Hamashiach ! Abençoada sua vida professor !Eu creio no que é dito ! Abraços !

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      Shalom Dalila!!
      Obrigado pela sua bençao! ‘Amen! igual pra você! 🙂

  6. Jorge Augusto Nascimento Nogueira de Souza

    Eu concordo com suas afirmações, Dr. Eli. Acho muito interesante esta aproximação entre o judaísmo e cristianismo que voce faz. Parabéns!

  7. David Gonçalves

    gostei muito, muito bom para aqueles que gostam de conhecer a bíblia no original

  8. Ernani de Moura

    Esse livro está em português e qual é o valor?

    1. Eric de Jesús Rodríguez Mendoza

      BS”D

      Shalom Ernani

      Este é um foro gratis! Nao é ainda como tal um livro. É um comentario sobre o livro de Apocalipse.